Nova Escola de Marketing

Entenda de uma vez por todas o que é marketing!

Muitas pessoas confundem publicidade com marketing, outras acreditam que marketing é somente vendas.
De acordo com Philip Kotler, o papa do marketing, marketing “é um processo social, no qual indivíduos ou grupos obtêm o que necessitam e desejam através da criação, oferta e troca de produtos de valor com os outros”.
O dever do marketing é analisar o mercado, identificar suas necessidades e desejos, encaminhar essas necessidades para a produção, agregar valor nesse produto ou serviço, vender para o cliente e manter a relação com o cliente no pós-venda.

É importante entender que o marketing é muito mais do que vendas ou publicidade. Ele engloba os anseios de um nicho de mercado, todas as etapas de produção de um serviço ou produto, divulgação, venda e pós-venda.
O marketing não é o vilão do mercado, ele é uma filosofia empresarial, uma ferramenta muito importante para o equilíbrio social.

Marketing é foco, respeito, compromisso e atenção total ao cliente. É uma busca e uma preocupação constante para identificar os desejos, as necessidades reais do cliente e criar soluções, produtos ou serviços para atendê-los da melhor maneira possível.

Aspectos do Marketing
Marketing é encontrar sutilezas para oferecer algo diferencial para o consumidor – um dos aspectos do marketing é pesquisar as necessidades do consumidor e oferecer serviços ou produtos diferenciados.
Marketing é desenvolver serviços e produtos adequados para o seu público-alvo e agregar determinado valor – o processo de agregar valor no serviço ou produto precisa ser justo e adequado à qualidade. E precisa ser feito de forma contínua, de acordo com a movimentação do mercado.
Marketing é um relacionamento de respeito com o consumidor – é preciso estar atento ao comportamento, as atitudes, as necessidades, os receios e os desejos do consumidor e atender tudo isso com muito respeito.
Marketing é um estado de espírito. – a prática do marketing é intuitivo. Qualquer pessoa tem um marqueteiro dentro de si.
Marketing é criar e aprofundar o relacionamento com o cliente. – um dos principais aspectos do marketing é manter um relacionamento a longo prazo com o cliente.

O significado de marketing
A expressão anglo-saxônica marketing se origina do inglês e tem derivação do latim Mercátus. Na língua portuguesa, marketing significa mercadologia, ação de mercado, comercialização.
Os primeiros conceitos de marketing surgiram entre as décadas de 1910 e 1940 e tiveram seu alicerce com a criação da American Marketing Association e o nascimento do Journal of Marketing nos anos de 1930.
Segundo a American Marketing Association, o marketing é um conjunto de processos que envolve a comunicação, a criação, a entrega de valor para os clientes, administração de relacionamento de clientes.
A partir da década de 50, o conceito moderno do marketing apareceu em razão das transformações sociais ocorridas da época – aumento da industrialização, mundo pós-guerra, crescimento do capitalismo e da competitividade.
Há uma outra definição que diz: “Marketing é o processo de planejamento e execução da concepção, precificação, promoção e distribuição de ideias, bens e serviços, para criar trocas que satisfaçam os objetivos dos indivíduos e das organizações”.

Princípios do marketing
Os princípios do marketing (planejar, organizar, dirigir e controlar) passam por estudos em várias áreas: sociologia, economia, administração, psicologia, comunicação e matemática.
Todas essas áreas de conhecimento reunidas tornam possível a análise, o planejamento, a formulação, a implementação e o controle de táticas e estratégicas de marketing.
Em seu livro Marketing para o século XXI – Como criar, conquistar e dominar mercados, Philip Kotler afirma que “marketing tem sido definido por diversos observadores como a arte de conquistar e manter clientes”. E define os princípios básicos do marketing:

Princípio 1 – O cliente é o centro de tudo: O primeiro princípio é o próprio conceito do marketing. Tudo gira em torno do cliente desde o planejamento ao pós-venda.
Princípio 2 – Os clientes não compram produtos: O segundo princípio diz que os clientes compram o que o produto ou serviço podem fazer por eles. Eles estão interessados nos benefícios que o serviço ou produto pode proporcionar.
Princípio 3 – marketing é uma tarefa de todos na empresa. O marketing não pode ficar restrito apenas ao departamento ou uma pessoa do marketing. Todos no negócio precisam estar engajados. A ação de todos tem impacto sobre o cliente final e sua satisfação.
Princípio 4 – Os mercados são heterogêneos: os clientes são diferentes, cada um tem necessidades, desejos, sonhos completamente distintos, portanto o empreendedor que deseja ter sucesso não pode produzir serviço ou produto patronizado para todo seu nicho de mercado.
Princípio 5 – Os mercados e clientes mudam constantemente: O mercado é dinâmico. A vida útil do serviço ou produto é limitada e a empresa precisa pensar em novas soluções constantemente.

O marketing é muito mais do que a maioria das pessoas pensam. As técnicas de mercado, ações de relacionamento com clientes, ferramentas de planejamento, modelos de distribuição e acesso, tecnologias de desenvolvimento de serviços e produtos, métodos de precificação adequados aos produtos, uma comunicação integrada de qualidade e ferramentas para mensurar ações e resultados.

Foto de perfil de Rafael Rez

Rafael Rez

Autor do livro "Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI", com 3.000 cópias vendidas nos primeiros 90 dias. Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013. Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica. Além de Empreendedor e Consultor, é Professor de Pós e MBA em diversas instituições de ponta. Em 2016 fundou a Nova Escola de Marketing.

Opinar

5 tipos de conteúdo que vão

bombar no Google em 2017!

Faça download do e-book gratuitamente.